Simplificando O Processo Seletivo Post - Empregga

Como Funciona Um Processo Seletivo?

Como Funciona Um Processo Seletivo, Quais São Suas Etapas E Como Se Dar Bem?

Iremos revelar como funciona um processo seletivo e como você pode se dar bem nele – pela perspectiva da empresa e do candidato!

Aqui, no Empregga, nós lidamos com três personas diferentes:

  • As empresas: que buscam por um processo de recrutamento e seleção efetivo;
  • Os candidatos: que buscam por inserção ou recolocação no mercado de trabalho; e
  • As agentes: que buscam por uma renda maior, trabalhando com o que amam!

Portanto, como o assunto de hoje “Como Funciona Um Processo Seletivo” é de interesse de todos, iremos dividi-lo sobre a perspectiva de cada um…

Assim, você entende com maior profundidade como funciona um processo seletivo e ainda garante dicas personalizadas de como se dar bem durante a contratação de um colaborador ou a conquista de um emprego!

Porém, antes de irmos direto ao conteúdo – dividido entre os segmentos que atendemos –, gostaríamos de deixar uma coisa muito clara…

A diferença entre processo de recrutamento e processo de seleção

Na nossa última publicação, nós deixamos muito bem definidas quais são as etapas de um processo de recrutamento e de um processo de seleção.

Contudo, para que você fique ciente do que estamos falando, nós vamos resumi-las aqui:

Etapas do Processo de Recrutamento

Quando falamos das etapas do processo recrutamento, nos referimos ao momento em que você ainda “não viu a cara de ninguém”, apenas chamou as pessoas para participarem da sua contratação – na perspectiva da empresa –, ou então ingressou para um vaga – na perspectiva do candidato.

O foco aqui é trazer pessoas qualificadas para a vaga, dessa, no momento da seleção, o trabalho é facilitado.

Sendo assim, é muito importante que as informações que forem passadas sejam, de fato, alinhadas com a vaga em questão, pois, caso o contrário, você pode esperar por algo bom, receber algo mais ou menos e acabam se contentando com algo “meia boca”.

O ideal é ter um filtro em alto nível – tanto para a empresa, quanto para o candidato -, mas sem exagerar nas proporções…

Até porque vaga para um expert com salário de estagiário já é batido, antiético e desleal!

Desse modo, sem mais enrolações – para que possamos finalmente entender como funciona um processo seletivo -, as etapas do processo de recrutamento são:

  • Identificação da Necessidade da Vaga;
  • Planejamento do Processo de Contração;
  • Definição das Necessidades da Empresa;
  • Divulgação da Vaga;
  • Coleta dos Currículos e Candidaturas.

Etapas do Processo de Seleção

Agora, quando falamos sobre como funciona um processo seletivo, é necessário destacarmos que é neste momento em que são analisados os perfis, aplicados os testes, feitas as entrevistas e é escolhido o candidato ou a candidata ideal!

Dessa forma, é muito importante ter atenção com os seus critérios de seleção, uma vez que se manter enviesado exclusivamente por caraterísticas técnicas ou até mesmo por aspectos que não relativos à vaga em questão pode gerar muita dor de cabeça!

Portanto, mais do apenas olhar para o currículo, um fator decisivo para o sucesso da contratação são as habilidades comportamentais do candidato.

E, detalhe: se você é um candidato, se atente bem a questões como:

  • Pontualidade;
  • Responsabilidade;
  • Trabalho em Equipe; e
  • Comprometimento.

Porque elas fazem toda a diferença ao olhar de um bom recrutador!

Afinal, se a questão é conhecimento, é mais fácil treinar uma pessoa comprometida para que ela se torne uma especialista do que pegar um especialista e ensiná-lo a ser comprometido, entende?

Sendo assim, essas são as etapas do processo de seleção:

  • Triagem dos CVs;
  • Aplicação dos Testes;
  • Realização das Entrevistas;
  • Contratação.

Caso queira ler a nossa publicação por completo, acesse: Etapas do Processo de Recrutamento e Seleção – Quais são?

Mas, agora que você já sabe qual que é qual, vamos finalmente entender como funciona um processo seletivo na perspectiva do envolvido com o processo…

blank

Como funciona um processo seletivo?

Como o artigo de hoje é focado no processo de seleção – e você já sabe a diferença entre recrutamento e seleção –, as perspectivas e dicas de sucesso serão destinadas somente ao momento posterior ao recrutamento, ou seja, ficaremos realmente somente com a seleção.

Como funciona um processo seletivo na perspectiva da empresa?

Começando pela perspectiva das empresas, iremos acompanhar as etapas que foram apresentadas no tópico anterior, mas com um diferencial que é:

Iremos dar dicas de sucesso para que você contrate o colaborador ideal para o seu negócio!

Triagem dos CVs

Começando pela triagem dos currículos, vamos relembrar da importância de contar com um processo de recrutamento muito bem alinhado, assim, nesse momento, você não sofre para encontrar uma boa opção entre um mar de currículos, mas, pelo contrário, se vê indeciso sobre qual o melhor!

Sendo assim, “o pulo do gato” é:

Invista no recrutamento!

Dessa forma, o seu trabalho de triagem fica muito mais simples e reduz drasticamente as suas chances de erro!

Outra dica muito importante é:

Crie um critério justo para a separação dos currículos que serão selecionados!

O intuito aqui é não ser influenciado por questões que não são ligadas à vaga, assim, você foca somente em quem pode te ajudar!

Aplicação dos Testes

Agora, chega o momento de aplicar os testes junto aos candidatos selecionados…

No entanto, como estamos em pandemia, pode ser que a aplicação de testes de habilidade remotos não seja tão verídica quanto se possa imaginar, uma vez que você não estará cara a cara com o candidato.

Porém, a depender da vaga, isso não fará muita diferença!

A nossa dica para essa etapa é:

Foque nas habilidades comportamentais também!

As chamadas soft skills são não apenas tendência como, também, essenciais para o mercado de desenvolvimento de pessoas…

Uma vez que, como já citado, vale mais a pena contratar alguém comprometido, com boa relação, mas que não sabe tanto, do que alguém que sabe mais do que os outros, mas que não cumpre com os prazos ou tem um relacionamento ruim – um trabalhador assim apenas irá prejudicar o restante da equipe!

Sendo assim, aplique também testes que busquem descobrir o perfil comportamental do seu candidato e como ele irá desempenhar no cargo pretendido!

Realização das Entrevistas

O próximo passo para que você saiba plenamente como funciona um processo seletivo na perspectiva da empresa é a realização das entrevistas!

Nesta etapa, por mais que exista uma tela entre você e o candidato – afinal, o processo vem sendo feito 100% digital -, é o momento do olho no olho!

Portanto, se atente:

  • À Postura;
  • Ao Conhecimento;
  • À Comunicação;
  • À Confiança, e demais aspectos importantes para causar uma boa impressão!
blank

Contratação

Por fim, apenas é preciso assinar a carteira do melhor candidato ou candidata com o seu negócio!

Como funciona um processo seletivo na perspectiva do candidato?

Nosso foco agora é na visão do candidato…

Portanto, se você busca por uma boa vaga, se destacando dos demais concorrentes, primeiro, recomendamos que releia o tópico anterior, afinal, é bom saber como funciona um processo seletivo na visão da empresa – assim você já sabe o que ela espera -, e, segundo, se atente aos seguintes processos:

Triagem dos CVs

Na triagem dos currículos, é de crucial importância que você se atente bem à descrição da vaga, até porque é a partir dela que a empresa irá separar os currículos bons do ruins…

Você não precisa preencher todos os diferenciais da vaga para ingressar a um cargo – e se fosse assim, somente especialistas estariam contratados –, contudo, por outro lado, faltar com os requisitos básicos pode te prejudicar no momento da seleção.

O segredo aqui é:

Seu currículo é o cartão de acesso para a vaga!

É claro que ele ainda será usado ao longo do processo de seleção, contudo, você passando para a próxima etapa, poderá tirar a “desvantagem” por meio da aplicação dos testes e da entrevista.

E por citar a aplicação dos testes…

Aplicação dos Testes

No momento dos testes, é preciso provar o que você sabe!

Voltando a etapa anterior, é muito importante que você seja realmente sincero com o seu currículo, porque ser pego na mentira irá te prejudicar de diversas formas:

  • Apresenta desqualificação técnica;
  • Apresenta desqualificação pessoal; e
  • Muito provavelmente, a empresa não vai querer te chamar para futuras vagas que sejam abertas.

Sendo assim, a empresa não te colocará para um teste no qual você não possui conhecimentos – até porque os conhecimentos necessários são especificados na descrição da vaga.

Portanto, apenas foque em executá-lo com concentração, determinação e cautela!

Unir qualidade e agilidade nesse momento, com absoluta certeza, irá te diferenciar!

Agora, em relação ao teste de comportamento, apenas seja você…

Responder o questionário de forma a parecer alguém que você não é só irá gerar frustração, tanto para o contratante, quanto para você!

blank

Realização das Entrevistas

A nossa penúltima etapa é marcada pelas mesmas dicas dadas ao processo seletivo na perspectiva das empresas…

Este é o momento do olho no olho – por mais que o processo seja feito 100% digital!

Então, se atente:

  • À Postura;
  • Ao Conhecimento;
  • À Comunicação;
  • À Confiança, e demais aspectos importantes para causar uma boa impressão!

Contratação

Por fim, chega o momento de assinar o contrato, ser feliz e comprometido com o cargo que assumiu!

Como funciona um processo seletivo na perspectiva da agente Empregga?

Sendo assim, para finalizarmos as nossas perspectivas, temos as agentes Empregga…

As agentes Empregga são profissionais que atuam com recursos humanos na área de recrutamento e seleção, auxiliando empresários a encontrarem os melhores candidatos para suas empresas.

Assim, as agentes se dedicam a fazer o que amam, atuando diretamente com a nossa plataforma virtual, e ainda garantem uma boa renda.

Mas, agora, vamos entender como elas devem agir em cada processo…

Triagem dos CVs

Nesta etapa, o papel da agente Empregga é auxiliar o empreendedor a separar os currículos coerentes com a vaga daqueles que “tentaram a sorte”.

Ela lançará os currículos selecionados na plataforma Empregga, assim, o empresário poderá visualizar as opções que melhor se apresentam para o cargo, facilitando o trabalho para ambos os lados!

Aplicação dos Testes

Este momento talvez seja o de maior destaque para a agente Empregga, pois aqui, ela, com o seu conhecimento sobre perfil comportamental – o qual nós iremos garantir o seu treinamento –, irá orientar o empresário na aplicação de testes para que eles realmente entendam o candidato.

Fora isso, a agente Empregga também tem o papel de aplicar testes de habilidade, que podem ser melhor formulados uma vez que buscamos entender qual é a cultura da sua empresa e como esse candidato irá se encaixar nela.

Realização das Entrevistas

Com o momento da entrevista, a agente Empregga irá cuidar de tudo para que o empresário saiba bem o que perguntar, o que avaliar e como se portar diante do candidato.

Assim, o resultado final obtido pode ser melhor do que o esperado – uma vez que o processo todo foi muito bem monitorado e auxiliado por essa profissional.

Contratação

Por fim, apenas é preciso assinar a carteira de trabalho, tendo a certeza de que contratou o funcionário certo!

Portanto, para qualquer perspectiva, conte com o Empregga!

Aqui, no Empregga, nós temos soluções para você que é:

  • Empresário;
  • Candidato;
  • Profissional de RH.

Dessa forma, se você busca por um profissional qualificado, por um emprego ou por uma renda maior, exercendo o que ama, nós iremos te ajudar!

Para saber mais, acesse as nossas páginas específicas:

Dúvidas frequentes sobre como funciona um processo seletivo

Quais são as etapas de um processo seletivo?

As etapas do processo seletivo são: a triagem dos CVs; a aplicação dos testes, a realização das entrevistas e a contratação.

Como se sair bem em um processo seletivo?

Para se sair bem em um processo seletivo, é muito importante se atentar ao planejamento do recrutamento e seleção (para empresas) ou à sua postura e comportamento (candidatos).

Quanto tempo demora um processo seletivo?

Em média, para empresas pequenas, o processo pode durar poucas semanas, dependendo da demanda da vaga. Já para empresas maiores, por lidar com muito mais candidaturas, o processo pode durar meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *